Aliados ou adversários na construção da notícia? Um estudo sobre a relação dos líderes da Assembleia Legislativa mineira com os jornalistas

Ângela Cristina Salgueiro Marques, Randy Razuq Ferreira

Resumo


Este artigo teve por objtivo verificar, sob a perspectiva dos deputados estaduais mineiros que exercem a função de liderança, como é a relação profissional que estabelecem com os jornalistas da imprensa em geral e qual visão têm da cobertura que esses profissionais fazem do Poder Legislativo. Foram utilizadas as noções de esfera pública (HABERMAS, 1997), meios de comunicação de massa (ALDÉ, 2004; GOMES, 2004) e accountability (ESPINOSA, 2012), que, articuladas, podem oferecer pistas interessantes acerca das relações entre dois atores centrais à constituição de cenas políticas de debate e tomadas de decisão: jornalistas e políticos. Também foram utilizados os conceitos de comunicação política e comunicação pública (DUARTE, 2010; KOÇOUSKI, 2012), imagem política (GOMES, 2004) e ética jornalística (LAGE, 2006; Martino, 2010), de modo a conferir destaque às opacidades e tensões que caracterizam tais relações. À luz dessas teorias e desses conceitos, foram realizadas entrevistas com seis deputados que ocupavam cargos de liderança em 2013. Na análise, constatou-se que os líderes afirmam manter uma relação satisfatória com os profissionais da mídia, mas desejam uma cobertura mais diversa e analítica, capaz de reconhecer os pontos positivos da atuação parlamentar.

Palavras-chave


Construção da notícia; Deputados; Jornalistas.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.